POR QUE O PORTAL ??

Este Blog retrata a difícil convivência com alguém que optou pelo caminho errado em busca do prazer da droga. Sofri sentindo os efeitos de uma doença tão perigosa quanto à dependência química: a Co-Dependência. Passei por muitos sofrimentos e vitórias. Por experiência própria vivida, sei exatamente quais os traços de comportamento, sinais da abstinência, como identificar um adicto por ter convivido tão de perto com este problema . Espero com isso poder levar ajuda a muita gente, transmitindo mais e mais informações sobre este assunto que em minha opinião é tão pouco divulgado.

NOVIDADE:


No menu acima acesse : "PROFISSIONAIS EM DEP. QUÍMICA" e tenha acesso a várias especialidades com todos seus contatos

"Saiba reconhecer alguns sinais do uso de drogas" - Rádio Estadão AM1290 - com Fabíola Pece

quarta-feira

Algumas curiosidades sobre o tratamento com Ibogaina

Em alguns casos não é possível fazer uso da iboga, como por exemplo quando houverem problemas cardíacos, obesidade mórbida, esquizofrenia, câncer, HIV/AIDS (por estarem em tratamento medicamentoso), insuficiência renal e hepática, 
AVC, Hepatite C.
O tratamento com iboga deve ser administrado por profissionais altamente capacitados para obter-se resultado eficiente. 
Os valores dos tratamentos podem parecer alto num primeiro momento todavia, isso não deve ser sua maior preocupação, pois os efeitos benéficos da iboga sobrepõe qualquer custo.
O custo é relativamente alto pois exige uma boa estrutura de profissionais, que ao iniciar o tratamento irá analisar cada caso, mediante uma bateria de exames feitos e diante disso avaliar cada caso e a forma de administração da iboga.  
O tratamento com a iboga é aproximadamente de 1 semana e nesse periodo a equipe medica avalia o paciente e observa seus efeitos colaterais, estando apta a agir em qualquer situação.
Em alguns casos é feita uma prévia desintoxicação antes da administração da iboga
As internações permitem o acompanhamento de um familiar durante sua estadia na clinica.

Um comentário:

Grupo de Reabilitação disse...

Texto interessante, existem muitos modos de tratar a dependência e cada pessoa se adapta de uma forma. Cada dependente se identifica melhor com um tipo de tratamento, e os outros se tornam ineficazes, por isso é importante nunca perder a esperança e sempre buscar novas formas de tratamento e recuperação.
http://grupodereabilitacao.com.br/

POSTS MAIS ANTIGOS

CADASTRE SEU E-MAIL