POR QUE O PORTAL ??

Este Blog retrata a difícil convivência com alguém que optou pelo caminho errado em busca do prazer da droga. Sofri sentindo os efeitos de uma doença tão perigosa quanto à dependência química: a Co-Dependência. Passei por muitos sofrimentos e vitórias. Por experiência própria vivida, sei exatamente quais os traços de comportamento, sinais da abstinência, como identificar um adicto por ter convivido tão de perto com este problema . Espero com isso poder levar ajuda a muita gente, transmitindo mais e mais informações sobre este assunto que em minha opinião é tão pouco divulgado.

NOVIDADE: DEPOIMENTO

O PORTAL ESTÁ COM UM NOVO COLUNISTA COLABORADOR- "UM ADICTO EM RECUPERAÇÃO" RELATANDO SEU SOFRIMENTO EM NÃO ACEITAR A SUA ADICÇÃO E A RECUPERAÇÃO QUE VIVE HOJE .(postagens com fundo azul escuro)

"Saiba reconhecer alguns sinais do uso de drogas" - Rádio Estadão AM1290 - com Fabíola Pece

quarta-feira

SÍNDROME DE ABSTINÊNCIA


Ela se divide em 2 fases: Síndrome abstinência aguda -SAA  e  Síndrome abstinência demorada - SAD 

Síndrome abstinência aguda -SAA - sintomas físicos/psicológicos/sociais provocados pela falta da droga, ocorre de 3 a 10 dias do último uso.

Síndrome abstinência demorada - SAD sintomas baseados na sobriedade, ocorre em meses ou anos: - mente confusa, problema de memória, reação emocional exagerada ou apatia, distúrbio do sono ou alteração, problemas de coordenação motora, sensibilidade ao stress.

A severidade da SAD depende da disfunção cerebral e da quantidade de stress experimentado. Os danos causados são reversíveis se houver tratamento adequado. A SAD é que torna a presença da disfunção cerebral, exemplo de 75 a 95% em alcoólatras. Pesquisas recente mostram que os sintomas da SAD estão ligados aos danos causados ao cérebro, devido ao abuso de drogas e podem causar a recaída em muitos casos.

3 comentários:

Anônimo disse...

quais são os SAA físicos, psicológicos e sociais no período de 3 a 10 dias?

Rehabiliti disse...

A abstinência é algo muito difícil de lidar sme o apoio médico, e é por isso que pessoas que moram nas ruas já não são capazes de largar seu vício, não não tem apoio e motivação nenhuma. Porém se você conhece alguém que está na rua em ainda no estágio inicial da dependência é necessário realizar um tratamento médico.
http://reabilitacaodedrogas.com.br/

Grupo de Reabilitação disse...

Nada como um tratamento de reabilitação adequado com profissionais especializados em tratamentos eficazes para dependentes de álcool e drogas.A abstinência pode chegar, porém os médicos estarão preparados para ldar com a situação da melhor maneira possível, dando apoio para a caminhada.
http://grupodereabilitacao.com.br/

POSTS MAIS ANTIGOS

CADASTRE SEU E-MAIL