POR QUE O PORTAL ??

Este Blog retrata a difícil convivência com alguém que optou pelo caminho errado em busca do prazer da droga. Sofri sentindo os efeitos de uma doença tão perigosa quanto à dependência química: a Co-Dependência. Passei por muitos sofrimentos e vitórias. Por experiência própria vivida, sei exatamente quais os traços de comportamento, sinais da abstinência, como identificar um adicto por ter convivido tão de perto com este problema . Espero com isso poder levar ajuda a muita gente, transmitindo mais e mais informações sobre este assunto que em minha opinião é tão pouco divulgado.

NOVIDADE: DEPOIMENTO

O PORTAL ESTÁ COM UM NOVO COLUNISTA COLABORADOR- "UM ADICTO EM RECUPERAÇÃO" RELATANDO SEU SOFRIMENTO EM NÃO ACEITAR A SUA ADICÇÃO E A RECUPERAÇÃO QUE VIVE HOJE .(postagens com fundo azul escuro)

"Saiba reconhecer alguns sinais do uso de drogas" - Rádio Estadão AM1290 - com Fabíola Pece

segunda-feira

Reservas e Negação na Adicção


Quando você faz uma escolha, qualquer uma, pergunte-se duas coisas: primeiro, “quais serão as conseqüências da escolha que estou fazendo?”; segunda, “essa escolha trará felicidade a mim e aos outros ao meu redor?”
A resposta à primeira questão você sentirá no seu coração e saberá imediatamente quais serão as conseqüências. Quanto à segunda questão, se a resposta for sim, então persista nessa escolha. Se for não, escolha outra coisa. É bem simples. O conceito de reservas vem a partir do momento que deixamos de responder sim ou não e vamos para o mais ou menos. Por exemplo, aquele folião que decidiu nunca mais pular carnaval,  mas deixa a fantasia bem guardada na gaveta. Se fosse realmente comprometido com sua escolha rasgaria a fantasia. Rasgar a fantasia tem tudo a ver com deixar de viver as mascaras da adicção. Humildade tem tudo a ver com ser autêntico e sem pretensão ou arrogância. Vou parar de usar mas não vou deixar de mentir ou procrastinar, são grandes reservas. Vou buscar uma nova maneira de viver mas vou continuar praticando delitos de trânsito, continuar sendo incompreensível e querer sempre que as minhas vontades sejam as determinantes nos relacionamentos, são grandes reservas. Às vezes temos reservas sem sabe-las, cabe ter a mente aberta pois dia ou outro elas serão reveladas.
 A negação é um aspecto preponderante da doença da adicção. A negação impede o adicto de enxergar sua própria realidade e a realidade de sua doença. Romper com a negação não permite ao adicto uma visão clara para, então procurar soluções para seus problemas. O adicto é impotente perante sua adicção. Aqueles que se descobriram adictos descobriram serem portadores de uma doença da qual não se conhece cura, uma doença progressiva, e potencialmente fatal. Ao contrário de antigas crenças a adicção é uma doença do corpo, da mente e do espírito, passível não de cura mas sim de estabilização. A recuperação se inicia quando o adicto para de usar todas as drogas, trocando-as pelo companheirismo de pessoas ativamente engajadas na recuperação. É possivel então ao adicto ver um pouco de si mesmo em cada um dos outros e assim se permitir ser ajudado e ao mesmo tempo engajar-se na ajuda de outros. 

Nenhum comentário:

POSTS MAIS ANTIGOS

CADASTRE SEU E-MAIL