POR QUE O PORTAL ??

Este Blog retrata a difícil convivência com alguém que optou pelo caminho errado em busca do prazer da droga. Sofri sentindo os efeitos de uma doença tão perigosa quanto à dependência química: a Co-Dependência. Passei por muitos sofrimentos e vitórias. Por experiência própria vivida, sei exatamente quais os traços de comportamento, sinais da abstinência, como identificar um adicto por ter convivido tão de perto com este problema . Espero com isso poder levar ajuda a muita gente, transmitindo mais e mais informações sobre este assunto que em minha opinião é tão pouco divulgado.

NOVIDADE: DEPOIMENTO

O PORTAL ESTÁ COM UM NOVO COLUNISTA COLABORADOR- "UM ADICTO EM RECUPERAÇÃO" RELATANDO SEU SOFRIMENTO EM NÃO ACEITAR A SUA ADICÇÃO E A RECUPERAÇÃO QUE VIVE HOJE .(postagens com fundo azul escuro)

"Saiba reconhecer alguns sinais do uso de drogas" - Rádio Estadão AM1290 - com Fabíola Pece

segunda-feira

Efeitos do Crack (curto e longo prazo)


Os efeitos do Crack são semelhantes aos da cocaína, porém mais intensos.


A paranoia é um dos efeitos do crack
Por ser fumado, os efeitos do crack são mais imediatos e mais intensos do que a cocaína.
O crack causa uma euforia de curta duração, intensa que é imediatamente seguida pelo oposto: uma depressão intensa, paranoia e uma ânsia por mais droga. As pessoas que usam crack não se alimentam ou dormem adequadamente. Elas podem ter um grande aumento dos batimentos cardíacos, espasmos musculares e convulsões. A droga pode fazer as pessoas sentirem-se paranoicas, nervosas, hostis e ansiosas.
Independentemente da quantia de droga que é consumida ou da frequência, o crack aumenta a probabilidade do usuário ter um ataque cardíaco, derrame cerebral, ataque epiléptico ou insuficiência respiratória, podendo resultar em morte súbita.
Fumar o crack ainda apresenta uma série de riscos à saúde. Muitas vezes, o crack é misturado com outras substâncias que criam gases quando queimado. Como a fumaça do crack perde a potência rapidamente, os cachimbos de crack são geralmente muito pequenos. Isso causa rachaduras e bolhas nos lábios dos usuários, causadas pelo cachimbo muito quente.

Efeitos do Crack a Longo Prazo

Além dos riscos usuais associados ao consumo da cocaína, os usuários de crack podem sofrer de problemas respiratórios severos como tosse, dificuldade de respiração, danos pulmonares e sangramento.
Os efeitos do consumo do crack a longo prazo incluem danos graves ao coração, fígado e rins. Os usuários ficam mais propensos a ter doenças infecciosas.
O consumo contínuo causa falta de sono e perda de apetite, resultando em subnutrição. A pessoa que fuma crack também pode ficar agressiva e paranoica.
Como o crack interfere na forma com que o cérebro funciona, a pessoa precisa de mais e mais droga apenas para se sentir "normal". Aquelas pessoas que se tornam dependentes do crack (assim como a maioria das outras drogas) perdem o interesse em outras áreas da vida.
Quando os efeitos da droga passam, causam uma depressão severa, que vai se tornando mais profunda a cada vez que se consome o crack. Isso acaba se tornando tão grave que a pessoa passa a fazer qualquer coisa para conseguir mais da droga. Caso ela não consiga a droga,  a depressão pode se tornar tão intensa que pode levá-la a cometer o suicídio.

Nenhum comentário:

POSTS MAIS ANTIGOS

CADASTRE SEU E-MAIL