POR QUE O PORTAL ??

Este Blog retrata a difícil convivência com alguém que optou pelo caminho errado em busca do prazer da droga. Sofri sentindo os efeitos de uma doença tão perigosa quanto à dependência química: a Co-Dependência. Passei por muitos sofrimentos e vitórias. Por experiência própria vivida, sei exatamente quais os traços de comportamento, sinais da abstinência, como identificar um adicto por ter convivido tão de perto com este problema . Espero com isso poder levar ajuda a muita gente, transmitindo mais e mais informações sobre este assunto que em minha opinião é tão pouco divulgado.

NOVIDADE: DEPOIMENTO

O PORTAL ESTÁ COM UM NOVO COLUNISTA COLABORADOR- "UM ADICTO EM RECUPERAÇÃO" RELATANDO SEU SOFRIMENTO EM NÃO ACEITAR A SUA ADICÇÃO E A RECUPERAÇÃO QUE VIVE HOJE .(postagens com fundo azul escuro)

"Saiba reconhecer alguns sinais do uso de drogas" - Rádio Estadão AM1290 - com Fabíola Pece

quarta-feira

Algumas considerações sobre tratamentos

Não  há  um tratamento único, que seja apropriado para todos. É muito  importante que haja uma combinação adequada entre tipo  de ambiente, intervenções e serviços para cada  problema e necessidade da pessoa, contribuindo para o sucesso do  tratamento e para o retorno a uma vida produtiva na família,  trabalho e sociedade.
O  tratamento deve  estar sempre disponível. Considerando que os  dependentes químicos possam ter dúvidas sobre se  iniciam ou não um tratamento, é muito importante  aproveitar a oportunidade quando eles sinalizam estar prontos para o  mesmo. Pode-se perder candidatos potenciais para o tratamento, caso  este não esteja disponível imediatamente ou não  seja acessível com facilidade.
O  tratamento  efetivo deve contemplar as várias necessidades da pessoa, não  somente o seu uso de drogas
Para ser efetivo, o  tratamento deve ser dirigido ao uso de drogas, mas também a  qualquer outro problema médico, psicológico, social, profissional e jurídico da pessoa.
O  plano de  tratamento deve ser continuamente avaliado e, se for o caso, modificado para assegurar que se mantenha atualizado com as mudanças  nas necessidades da pessoa
Um  paciente pode  necessitar de combinações de serviços que variam  durante o tratamento e recuperação.
Além do  aconselhamento ou psicoterapia, o paciente pode necessitar também  de medicamentos, outros serviços médicos, terapia  familiar, orientação educacional (para os filhos), orientação vocacional e outros serviços sociais  e/ou legais. É fundamental que o tratamento esteja apropriado  a idade, sexo, grupo étnico e cultural do paciente.
É  importante  que o paciente permaneça durante um período adequado de  tempo no tratamento
A duração  apropriada do tratamento para uma pessoa depende de seus problemas e  necessidades. As investigações indicam que na maioria  das vezes, começa-se a se verificar uma melhoria significativa  depois de três meses de tratamento. Quando se chega a este  ponto, os tratamentos adicionais podem culminar em uma recuperação  acelerada. Considerando que muitas pessoas abandonam cedo  este processo, os programas devem incluir estratégias que  comprometam e mantenham os pacientes no tratamento.
O  aconselhamento (individual e/ou em grupo) e outros tipos de psicoterapias comportamentais são componentes indispensáveis do tratamento efetivo para a dependência
Durante  a  terapia, os  pacientes tratam de seus problemas de motivação,  desenvolvem habilidades para recusar o uso da droga. Substituem  atividades em que se utilizavam das substâncias por outras  úteis e construtivas em que não há o uso de drogas, e melhoram suas estratégias para a resolução  de problemas. A psicoterapia comportamental também melhora as  relações interpessoais e facilita a reinserção  do indivíduo em sua família e na própria  comunidade. 


Nenhum comentário:

POSTS MAIS ANTIGOS

CADASTRE SEU E-MAIL